sábado, 30 de janeiro de 2010

The question is...

Estou com aqueles sintomas, os mais clássicos, borboletas na barrigas, risinhos quando penso nele, mostrando sempre ser a unica e até verifiquei nossos signos. Sim! Isso é o problema sério. Mas eu gosto, gosto dessa parte, onde você descobre tudo, antes do beijo, antes das coisas complicarem, antes de você cair na rotina, ou de nada rolar.
Gosto do talvez possa ser. Com muita calma e estratégia eu vou me mostrando preocupada, atenciosa, compreensiva, parece até estratégia de guerra. É como diz a música O amor é um campo de batalha. Vencemos, perdemos ou até mesmo empatamos.
O melhor é quando nos encontramos depois de vááários papos e diretas no msn, fica engraçado ver como cada um fica tímido e não sabe como agir. É engraçado ver como nos surpreendemos com o futuro, quem diria heim?
Não sei qual é o remédio pra borboletas na barriga, se alguém souber por favor me fale. Esse é o pior sintoma, parece que por dentro está tudo mole, engraçado ver o psicológico abalado com uma simples presença. O mais hilariante é ver como superamos nossos traumas e seguimos em frente como se nada tivesse acontecido.
Mulheres, garotas, meninas sempre dizem a mesma coisa, mas quando vêem aquele que pode ser seu novo romance todos os protocolos anteriores são apagados da memória.
Gosto de me apaixonar, e melhor gosto de me apaixonar todos os dias... Pode ser pela mesma pessoa ou não! Somos livres parar escolher, e como há escolha por aí!
Altos, baixos, românticos, galinhas, sensíveis, durões, inteligentes ou não. Todas as possibilidades de seguir em frente estão aí. É só seguir.
Amo andar por caminhos diferentes, acho que por isso aprendi tanto lidar com muitas situações. E como eu disse antes, esqueço sempre os protocolos anteriores e aqueles erros básicos. Não sei, acho que me dá um branco quando conheço alguém especial... Bloqueia todas as decepções e lágrimas e eu só penso nas coisas que podem estar por vir.
Mas, no fundo, no fundo, eu tenho bastante medo. MEDO MESMO. De apostar todas as minhas fichas o no dia seguinte estar sendo trocada. Odeio perder tempo. O que acaba sendo uma contradição por que mesmo odiando perder tempo eu amo correr riscos.


Nenhum comentário: