sábado, 25 de setembro de 2010

O mais ou menos é o que me incomoda.


Os relacionamentos em geral nesses últimos tempos só me mostraram o quanto podemos ser descartáveis ou somos o troféu de alguém. Todos superficiais. Cansei disso. Cansei disso e além disso, não tenho mais ânimo pra conquista. Agora além dos meus relacionamentos, eu estou superficial.
Na verdade, ultimamente, eu só enxergo o superficial. Belos olhos, estilo legal, boca perfeita... Bem, a lista não tem muitos itens, eu tenho medo de aprofundar. De aprofundar e me ferrar. É, é essa a minha realidade.
Eu praticamente me restringi aquilo, somente pra não me machucar de novo... Tranquei todos meus sentimentos mais puros, sabem como dizem, não atirar pérolas aos porcos. Tive a coragem de admitir pra mim mesma, e pra quem quiser ouvir que não consigo ficar com alguém por mais de 7 horas sem enjoar. Sei que isso é assustador.
Tem vezes que eu me sinto um monstro por ser tão fria. Mas só o tempo mesmo pra tirar essa capa de medo. Engraçado que eu pensei diversas vezes, como seria difícil ver uma pessoa que eu amei por um tempo. Mas, vejam como são as coisas, esse encontro só serviu pra realmente eu perceber, que não servimos um pro outro. São essas jogadas da vida que a gente nunca entende.
Depois, eu percebi que só o tempo mesmo, só ele pra apagar tudo, que a minha ânsia de querer fazer e acontecer, não adiantaria muita coisa, só haveria sofrimento, e isso já basta.
Uma fase de amadurecimento tá começando, eu vejo isso. Mas, independente de tudo, eu estou gostando.